Sydney Gay and Lesbian Mardi Gras abre calendário gay de 2018

0

por

Se a Austrália é um dos primeiros lugares do mundo a comemorar a chegada de 2018, a cidade de Sydney também é a que recebe o primeiro grande evento do calendário LGBT do próximo ano. Entre os dias 16 de fevereiro e 04 de março a cidade é pintada com as cores do arco-íris e esse ano o evento promete ser ainda melhor, com a comemoração da 40ª edição.

A programação é extensa e termina na famosa parada que leva para a cidade australiana milhares de turistas todos os anos. A receptividade de uma das cidades mais gay friendly do mundo contrasta com a história do próprio evento, quando na sua primeira realização (1978) foi violentamente confrontada pela polícia local. Na primeira parada centenas de gays, lésbias e simpatizantes se reuniram na Taylor Square e seguiram com um caminhão tocando música até o Hyde Park. Porém o que era para ser uma celebração pela busca dos direitos civis da comunidade terminou com 53 presos, muitos deles ainda sofreram violência na prisão. Um ano depois a comunidade mostrou a sua força com uma marcha bem maior, que reuniu 3 mil pessoas sem nenhum incidente.

Nos anos 80 o evento explodiu de vez, com as festas pós parada sendo incluídas na programação e a decisão de mover para o período do verão local. A cada ano a organização viu aumentar o número de participantes e em 1984 já somavam 50 mil pessoas, passando para 200 mil pessoas em 1989 e chegando a 500 mil em 1993. O sucesso era tão grande que em 1994 teve a primeira cobertura de TV e já registrou recorde de audiência no domingo a noite. Três anos depois a mudança para um canal aberto deu ainda maior visibilidade ao Mardi Gras de Sydney. Desde 2002 ela passou a ter a cara atual, de um verdadeiro festival com 100 diferentes eventos artísticos, 70 mil pessoas participando do piquenique “Fair Day”, a parada e as festas. Para comemorar a história de quarenta anos do evento, a edição de 2018 do Sydney Gay and Lesbian Mardis Gras terá como tema “40 anos de evolução”.

O grande momento do evento é mesmo a Parada Gay de Sydney que acontecerá no dia 03 de março, das 19h às 23h. Mais de 200 grupos coloridíssimos, carros de som e balões de ar colorem as ruas de Sydney para celebrar um verdadeiro carnaval. Para quem quer curtir a celebração com todo o conforto, o Diamond Club Parade Viewing, na Taylor Square, oferece bares privativos, comida gourmet, banheiros e plataforma elevadas com a melhor vista da parada. Há também a opção do Sidshow seats, na Flinders Street, que oferece as opoções sentado e em pé para assistir a parada com bares, barracas de comida, telões, banheiros e anfitriões deliciosos que disputarão a atenção dos visitantes com a própria parada.

Antes, porém, no dia 18 de fevereiro (das 10h às 18h), um enorme piquenique celebra a diversidade entre familiares e amigos. Artistas se revezam no palco com apresentações animadas, as Sports Village fazem o dia ficar ainda mais divertido, barracas de comida alimentam o público e as drags queens deixam o evento muito mais colorido. Há ainda espaço para seu pet, com a competição Doggywood. Outro evento familiar acontece no dia 24 de fevereiro (das 11h às 16h). O Family Day reúne famílias gays com seus filhos e amigos para uma festa infantil no Cyrstal Palace do Luna Park.

Outros eventos merecem destaque. Por uma única noite clubbers serão transportados para uma pista de dança nascida da história viva da cena underground de Nova York, no melhor do Vogue Style, no Sissy Ball, que acontece em 24/02 (das 17h às 23h30). Dia 26/02 (das 14h às 23h) o verão australiano fica mais refrescante com a Pool Party, que transforma o Ivy Pool Club em um oásis de beleza com os convidados e os salva-vidas mais bonitos da Austrália. Dois dias depois (28/02), das 17h às 22h, acontece o Queer Art After Hours no Art Gallery of NSW. Performances, DJs, tour nas galerias e drinks agitam o evento que reúne arte ao vivo e nas paredes. Para celebrar todo o sucesso de mais uma edição do Mardis Gras Gay de Sydney, depois da parada (03/03 – das 22h às 08h), acontece a grande Festa do Sydney Gay and Lesbian Mardi Gras. Incríveis DJs, animadores, iluminação especial, e performances levam 12 mil pessoas a loucura no Playbill Venues do Fox Studios.

Mas o Sydney Gay and Lesbian Mardi Gras nao é só festa. Durante dois dias, líderes e pensadores da comunidade LGBT se reúnem no Queer Thinking para debater sobre justiça social. Serão sete painéis com mais de trinta pensadores expondo ideias e contando suas histórias. O National Art School promove o Museum of Love & Protest, uma exposição imersiva de figurinos, fotografias, filmes, cartazes icônicos, música e artefatos sobre os 40 anos do evento, entre 16 de fevereiro e 04 de março. Já entre 15 de fevereiro e 01º de março acontece a 25ª edição do Mardi Gras Film Festival, com premières de todo o mundo e filmes com temáticas LGBT.

Para mais dicas de turismo e entretenimento gay, siga o nosso perfil no instagram e nossa fanpage!

 

Sydney Gay and Lesbian Mardi Gras abre calendário gay de 2018

Compartilhar.

Sobre o Autor

Comments are closed.