Novo aplicativo deve ajudar no combate à violência contra LGBTs

0

Denúncias serão encaminhadas mais rapidamente

O Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU) começou, desde ontem, a receber denúncias feitas pelo aplicativo TODXS, relativas à discriminação e agressão a membros da comunidade LGBTI+ (lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e transgêneros, intersexuais). O objetivo da parceria com a startup social é realizar uma triagem das denúncias e direcioná-las aos órgãos púbicos responsáveis pela adoção de providências ou medidas preventivas.

Aplicativo – Além de coletar denúncias de violência contra a população LGBTI+ e avaliar o atendimento policial, no caso de ter sido feito boletim de ocorrências, com o TODXS é possível consultar organizações representativas ou de apoio por todo o Brasil.

O aplicativo ainda permite aos usuários consultar leis específicas à comunidade LGBTI+, do local onde se encontra o usuário ou por tema (como família, educação, nome social). O TODXS compila mais de 800 normas jurídicas de todo o país, para que a população LGBTI+ possa conhecer e garantir seus direitos.

Desde que foi lançado, em junho deste ano, mais de 3 mil pessoas baixaram o TODXS. O objetivo da organização é alcançar 10 mil pessoas até o final de 2018, promovendo ações que eduquem a sociedade e reduzam o cenário de violência. Segundo o CGU, o Brasil é considerado pela associação Transgender Europe um dos países que mais mata transexuais no mundo.

 

http://www.osaogoncalo.com.br/politica/49744/novo-aplicativo-deve-ajudar-no-combate-a-violencia-contra-lgbts

Compartilhar.

Sobre o Autor

Comments are closed.