Sexta-feira, 17 de Novembro de 2017
Adicionar a Favoritos RSS Facebook Linkedin Twitter Wordpress
   
Selecione abaixo:



Anuncie AQUI
Celebridades GLBT
ClicRN
Estadão
Folha on Line
Istoé
Jornal da Paraíba
Paradas gays - News
Portal de Picos
Portal Terra
Saúde
Ultimas Notícias
Outras notícias
STF vota fim da proibição de doação de sangue por homossexuais
Jovem é agredido e ameaçado de morte, em festa, por ser homossexual
Dragon Ball Super: Elenco fala sobre possibilidade de Whis e Bills serem gays
Doação de sangue e o Supremo: saúde e igualdade
“Cura gay”: homoafetividade não é destino

Frota perde ação, diz que juiz é do movimento gay e “julgou com a bunda”

25/10/2017:

 

por

 

A audiência de Alexandre Frota e Marcello Reis, do Revoltados Online, com Mendonça Filho, que gerou polêmica (Foto: Reprodução/Facebook)

 

 

Autodeclarado um dos atuais expoentes do conservadorismo brasileiro, o ator Alexandre Frota perdeu o processo por danos morais movido por ele contra a ex-ministra Eleonora Menicucci, que chefiou a Secretaria de Política para as Mulheres no governo Dilma Rousseff (PT). A informação foi dada pela jornalista Mônica Bérgamo. Frota abriu o processo após a ex-ministra criticá-lo em 2016. Ao saber do resultado, o ator reagiu no seu conhecido estilo, em suas redes sociais, afirmando que o processo foi “julgado por um juiz ativista, do movimento gay”. E desceu ainda mais o nível: “Ele não julgou com a cabeça, julgou com a bunda.”

Em maio 2016, Menicucci criticou o ministro da Educação, Mendonça Filho, por receber Alexandre Frota em audiência no seu gabinete, em Brasília. Ela disse que o ator – que trocou as novelas por atuações em filmes se sexo explícito – “não só já assumiu ter estuprado mas também faz apologia do estupro”.

A ex-ministra se referia a declarações de Frota em entrevista em um programa de TV, na qual relatava relações não consentidas com uma mãe de santo. No julgamento de primeiro grau, a juíza condenou a Eleonora Menicucci a pagar R$ 10 mil a Alexandre Frota. O julgamento do recurso aconteceu nesta terça (24), e ficou decidido que a ex-ministra apenas exerceu seu direito de crítica, isentando-a de pagar multa ao ator.

Da Folhapress

 

 

 

http://www.blogdodiario.com.br/2017/10/24/frota-perde-acao-diz-que-juiz-e-do-movimento-gay-e-que-julgou-com-bunda/

 

 

 

Comente esta matéria
Título: Frota perde ação, diz que juiz é do movimento gay e “julgou com a bunda”
Seu nome:
Seu Estado:
Seu e-mail:
Comentário:
Segurança: Confirme o código:
OBS.: Nos reservamos o direito de deletar toda e qualquer mensagem contendo palavões, baixarias ou até mesmo termos homofóbicos. Favor respeitar as devidas fontes de cada matéria.
Comentários
Não há comentários.