Sexta-feira, 17 de Novembro de 2017
Adicionar a Favoritos RSS Facebook Linkedin Twitter Wordpress
   
Selecione abaixo:



Anuncie AQUI
Celebridades GLBT
ClicRN
Estadão
Folha on Line
Istoé
Jornal da Paraíba
Paradas gays - News
Portal de Picos
Portal Terra
Saúde
Ultimas Notícias
Outras notícias
STF vota fim da proibição de doação de sangue por homossexuais
Jovem é agredido e ameaçado de morte, em festa, por ser homossexual
Dragon Ball Super: Elenco fala sobre possibilidade de Whis e Bills serem gays
Doação de sangue e o Supremo: saúde e igualdade
Frota perde ação, diz que juiz é do movimento gay e “julgou com a bunda”

Eliza e MEL debatem empregos para LGBTs

24/10/2017:

 

Em um debate realizado no programa Rádio Verdade da Rádio Arapuam FM, na tarde desta segunda-feira (23), a deputada estadual Eliza Virgínia (PSDB) e o Coordenador do Movimento Espírito Lilás (MEL), Fernando Araújo, comentaram acerca da recolocação da população LGBT no mercado de trabalho, por meio de medidas públicas da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP).

Segundo a deputada, a medida trata-se de improbidade administrativa por parte do gestor, pois fere o princípio da isonomia. Ela aproveitou para fazer uma crítica às políticas direcionadas ao público LGBT da Capital.

“Como a Prefeitura de João Pessoa faz um programa que vai recrutar apenas homens e mulheres transexuais e homossexuais? Quer dizer que as outras pessoas, as heterossexuais, não são dignas?”, questionou.

“Hoje ser homossexual ou transexual, em João Pessoa, significa ter direito a tratamento bucal, acesso a habitação e agora a emprego. Isto para mim é gravíssimo, pois já existem cotas para mulheres, deficientes, negros, mas isso é discriminação de gênero”, argumentou.

A parlamentar ainda acrescentou que existem denúncias de pessoas incomodadas sobre aulas de ideologia de gênero nas escolas, o que para ela é inaceitável.

Por sua vez, o coordenador do MEL alega que as políticas publicas para população lgbt são uma demanda histórica e que esta inclusão é justa e legal.

“Sem duvida garantir empregos a população LGBT é justo, pois, historicamente,somos discriminados pela nossa condição social, de gênero e nossa condição de vida. Deve-se  ter uma política pública voltada para esse povo”, defendeu.

“Existem políticas públicas voltadas para negros, mulheres e, agora, lgbts.  Não apenas trans, mas todas as letras do movimento”, concluiu Fernando Araújo.

Entenda

A deputada Estadual Eliza Virgínia sugeriu, na manhã de hoje, a demissão do coordenador de Cidadania LGBT da Prefeitura de João Pessoa, Roberto Maia, por discriminação de gênero.

Eliza alega que a pasta ocupada por Maia fere o princípio da igualdade, porque, segundo ela, a cidadania independe de orientação sexual.A deputada critica as parcerias com empresas da cidade, feitas pela prefeitura para empregar a população trans e homossexual.

Questionado sobre o assunto, o prefeito Luciano Cartaxo preferiu não seguir a orientação da aliada e destacou a atuação do auxiliar na PMJP.

Juliana Cavalcanti- MaisPB

 

 

http://www.maispb.com.br/235056/eliza-e-mel-debatem-empregos-para-lgbts.html

 

 

Comente esta matéria
Título: Eliza e MEL debatem empregos para LGBTs
Seu nome:
Seu Estado:
Seu e-mail:
Comentário:
Segurança: Confirme o código:
OBS.: Nos reservamos o direito de deletar toda e qualquer mensagem contendo palavões, baixarias ou até mesmo termos homofóbicos. Favor respeitar as devidas fontes de cada matéria.
Comentários
Não há comentários.