Adicionar a Favoritos RSS Facebook Linkedin Twitter Wordpress
   
Selecione abaixo:



Anuncie AQUI
Celebridades GLBT
ClicRN
Estadão
Folha on Line
Istoé
Jornal da Paraíba
Paradas gays - News
Portal de Picos
Portal Terra
Saúde
Ultimas Notícias
Outras notícias
STF vota fim da proibição de doação de sangue por homossexuais
Jovem é agredido e ameaçado de morte, em festa, por ser homossexual
Dragon Ball Super: Elenco fala sobre possibilidade de Whis e Bills serem gays
Doação de sangue e o Supremo: saúde e igualdade
Frota perde ação, diz que juiz é do movimento gay e “julgou com a bunda”

Brasil teve 318 mortes por homofobia em 2015, diz relatório

17/06/2016:

 

Por

 

O atentato a boate gay que deixou 49 pessoas mortas em Orlando, nos Estados Unidos, deixou milhões de pessoas chocadas ao redor do planeta. Mas no Brasil, se somado, o número de vítimas a crimes de homofobia por ano passa – e muito – o do massacre ocorrido no último domingo (12).

Só em 2015, 318 pessoas da comunidade LGBT foram assassinadas por ódio. Segundo o R7, com dados do Relatório 2015 – Assassinatos de LGBT no Brasil, feito pelo Grupo Gay da Bahia, 52% das mortes são de gays, 37% de trans, 5% de lésbicas, 3% de bissexuais, 2% de héteros e 2% de pessoas que se envolvem com transexuais.

De acordo com Agripino Magalhães, assessor da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo, o estado é o líder desse tipo de crime. “De 80 a 90% dos LGBTs que são agredidos, que sofrem homofobia não denunciam. Por medo, pelo mal atendimento nas delegacias ou por medo da repressão da própria polícia”, diz.

A reportagem ressalta ainda que cerca de 90% das mortes a gays são planejadas, começando pela análise dos locais frequentados pelas vítimas, assim como a sua rotina e caminhos. Assim teria feito o assassino de Orlando.

 

http://midiabahia.com.br/2016/06/16/brasil-teve-318-mortes-por-homofobia-em-2015-diz-relatorio/

 

 

 

Comente esta matéria
Título: Brasil teve 318 mortes por homofobia em 2015, diz relatório
Seu nome:
Seu Estado:
Seu e-mail:
Comentário:
Segurança: Confirme o código:
OBS.: Nos reservamos o direito de deletar toda e qualquer mensagem contendo palavões, baixarias ou até mesmo termos homofóbicos. Favor respeitar as devidas fontes de cada matéria.
Comentários
Não há comentários.