Adicionar a Favoritos RSS Facebook Linkedin Twitter Wordpress
   
Selecione abaixo:



Anuncie AQUI
Celebridades GLBT
ClicRN
Estadão
Folha on Line
Istoé
Jornal da Paraíba
Paradas gays - News
Portal de Picos
Portal Terra
Saúde
Ultimas Notícias
Outras notícias
STF vota fim da proibição de doação de sangue por homossexuais
Jovem é agredido e ameaçado de morte, em festa, por ser homossexual
Dragon Ball Super: Elenco fala sobre possibilidade de Whis e Bills serem gays
Doação de sangue e o Supremo: saúde e igualdade
Frota perde ação, diz que juiz é do movimento gay e “julgou com a bunda”

Federação alemã desafia jogadores a "saírem do armário"

22/07/2013:

 

por Lusa, texto publicado por Nuno Fernandes

 

Wolfgang Niersbach, presidente da federação alemã

 

A Federação de Futebol Alemã (DFB) desafiou os futebolistas homossexuais a assumirem a sua condição e romperem este tabu no desporto, enquanto a ministra da Justiça, Sabine Leutheusser-Schnarrenberger, convidou a seleção para desfilar no Dia do Orgulho Gay.

 

"Qualquer jogador, quer seja da Bundesliga ou de uma liga regional, que reconheça publicamente a sua homossexualidade pode contar com toda a nossa ajuda", declarou o presidente da DFB, Wolfgang Niersbach.

 

A DFB publicou hoje o folheto na sua página oficial na internet, com o título "Futebol e homossexualidade", que inclui recomendações e tem o propósito de ajudar futebolistas homossexuais a assumirem-se.

 

O seu conteúdo é da responsabilidade do especialista em comportamentos de adeptos e violência nos estádios Gunter Pilz.

 

A homossexualidade no futebol é um tema delicado e até agora nenhum futebolista de alto nível na Alemanha rompeu esse tabu, apesar dos vários rumores apontados a alguns grandes nomes.

 

O futebolista alemão Mario Gómez é um desses exemplos, depois de ter dado uma entrevista a revista alemã Bunte, em 2010, a sua sexualidade foi questionada e desde então que é "perseguido" por comentários nas redes sociais.

 

 

Comente esta matéria
Título: Federação alemã desafia jogadores a "saírem do armário"
Seu nome:
Seu Estado:
Seu e-mail:
Comentário:
Segurança: Confirme o código:
OBS.: Nos reservamos o direito de deletar toda e qualquer mensagem contendo palavões, baixarias ou até mesmo termos homofóbicos. Favor respeitar as devidas fontes de cada matéria.
Comentários
Não há comentários.