Adicionar a Favoritos RSS Facebook Linkedin Twitter Wordpress
   
Selecione abaixo:



Anuncie AQUI
Celebridades GLBT
ClicRN
Estadão
Folha on Line
Istoé
Jornal da Paraíba
Paradas gays - News
Portal de Picos
Portal Terra
Saúde
Ultimas Notícias
Outras notícias
STF vota fim da proibição de doação de sangue por homossexuais
Jovem é agredido e ameaçado de morte, em festa, por ser homossexual
Dragon Ball Super: Elenco fala sobre possibilidade de Whis e Bills serem gays
Doação de sangue e o Supremo: saúde e igualdade
Frota perde ação, diz que juiz é do movimento gay e “julgou com a bunda”

Atrás do Candelabro recebe 15 indicações ao Emmy

19/07/2013:

 

Romance gay é tema central do longa de Steven Soderbergh

 

O longa “Atrás do Candelabro”, considerado gay demais pelos estúdios de cinema e que por isso foi produzido pela HBO e lançado diretamente na TV, recebeu 15 indicações ao prêmio máximo da televisão norte-americana, o Emmy.

 

Michael Douglas, que interpreta o pianista Liberace, e Matt Damon, que faz seu amante, Scott Thorson, concorrem a melhor ator por minissérie ou telefilme. Dentre outras categorias, o longa ainda disputa com “American Horror Story” – adorada pelos gays – o prêmio de melhor minissérie ou telefilme.

 

Outros concorrentes arco-íris são a comédia “Modern Family”, que disputa melhor série cômica, além de cinco prêmios de atuação (incluindo Jesse Tyler Fergusson, um dos componentes do casal gay da trama), os assumidos Jane Lynch, como melhor atriz coadjuvante de série cômica por “Glee” e Dan Bucatinsky, como melhor ator convidado por série dramática por “Scandal”, além do enrustido Kevin Spacey, como melhor ator de série dramática por “House of Cards”.

 

Parou Tudo

 

Comente esta matéria
Título: Atrás do Candelabro recebe 15 indicações ao Emmy
Seu nome:
Seu Estado:
Seu e-mail:
Comentário:
Segurança: Confirme o código:
OBS.: Nos reservamos o direito de deletar toda e qualquer mensagem contendo palavões, baixarias ou até mesmo termos homofóbicos. Favor respeitar as devidas fontes de cada matéria.
Comentários
Não há comentários.