Adicionar a Favoritos RSS Facebook Linkedin Twitter Wordpress
   
Selecione abaixo:



Anuncie AQUI
Celebridades GLBT
ClicRN
Estadão
Folha on Line
Istoé
Jornal da Paraíba
Paradas gays - News
Portal de Picos
Portal Terra
Saúde
Ultimas Notícias
Outras notícias
STF vota fim da proibição de doação de sangue por homossexuais
Jovem é agredido e ameaçado de morte, em festa, por ser homossexual
Dragon Ball Super: Elenco fala sobre possibilidade de Whis e Bills serem gays
Doação de sangue e o Supremo: saúde e igualdade
Frota perde ação, diz que juiz é do movimento gay e “julgou com a bunda”

Parlamento da Rússia inicia trâmite para proibir adoção por casais gays

13/06/2013:

 

DA EFE, EM MOSCOU 

 

O Parlamento da Rússia iniciou nesta segunda-feira os trâmites de uma lei que proibirá a adoção de crianças russas por casais homossexuais. Segundo o presidente da Câmara, Sergei Narishkin, as medidas deverão ser tomadas na próxima semana.

 

O debate continuará na quinta durante a reunião dos comitês de família e assuntos internacionais, à qual irão ativistas franceses que participaram dos protestos contra a legalização dos casamentos homossexuais em seu país.

 

Na semana passada, na cúpula Rússia-União Europeia, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, adiantou que promulgará a proibição se a Duma lhe apresentar o projeto de lei. "Estou farto desses casais homossexuais. É preciso mostrar menos agressividade e não aumentar o problema. Assim será melhor para todos".

 

Ao mesmo tempo, Putin negou que em seu país haja "discriminação" das minorias sexuais: "Acho que nossa legislação é muito liberal nesse sentido".

 

Em março, o jornal russo "Izvestia" informou que Putin havia ordenado ao governo e pedido ao Supremo Tribunal que proibissem por lei a adoção de crianças russas por homossexuais. A publicação afirmou que o mandatário pediu a introdução das mudanças até 1º de julho.

 

O presidente também advogou por modificar os acordos bilaterais sobre adoção com a França e outros países por causa da legalização do casamento gay.

 

"Devemos reagir ao que ocorre ao nosso redor. Nós respeitamos nossos parceiros, mas pedimos que respeitem nossas tradições culturais e éticas, e as normas legais e morais da Rússia", disse.

 

A Rússia já aprovou uma controvertida lei que proíbe a "propaganda homossexual" entre os menores de idade, que esta minoria considera uma desculpa para impedir a realização das marchas do orgulho gay.

 

Folha de S. Paulo

 

Comente esta matéria
Título: Parlamento da Rússia inicia trâmite para proibir adoção por casais gays
Seu nome:
Seu Estado:
Seu e-mail:
Comentário:
Segurança: Confirme o código:
OBS.: Nos reservamos o direito de deletar toda e qualquer mensagem contendo palavões, baixarias ou até mesmo termos homofóbicos. Favor respeitar as devidas fontes de cada matéria.
Comentários
13/06/2013 12:56: Din - CE
Que país atrasado ein!