Sábado, 21 de Outubro de 2017
Adicionar a Favoritos RSS Facebook Linkedin Twitter Wordpress
   
Selecione abaixo:



Anuncie AQUI
Celebridades GLBT
ClicRN
Estadão
Folha on Line
Istoé
Jornal da Paraíba
Paradas gays - News
Portal de Picos
Portal Terra
Saúde
Ultimas Notícias
Outras notícias
AccorHotels ativa rúgbi com treino aberto de time LGBT
Narcos: terceira temporada revela história de traficante gay
Roteiro gay por Paris
Finn e Poe vão se assumir gays em ‘Star Wars’? John Boyega responde!
Homossexualidade? "Asquerosa", diz ministro dos Direitos Humanos

Mariela, filha de Raúl Castro, defenderá gays como deputada

26/02/2013:

 

DAS AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS

Folha/ foto: Adalberto Roque - 24.fev.2013/AFP

 

Eleita pela primeira vez como deputada em Cuba, Mariela Castro, 50, prometeu trabalhar "com mais intensidade" pelos direitos de homossexuais na ilha.

 

O detalhe é que Mariela é filha de Raúl, 81, e sobrinha de Fidel, que chegou a perseguir gays e lésbicas nos primeiros anos após a implantação de seu regime, em 1959.

 

A plataforma de Mariela Castro inclui a aprovação de um novo Código de Família na ilha, que contempla tanto a união consensual de pessoas do mesmo sexo quanto o direito à reprodução assistida por casais de lésbicas que querem ter filhos --as uniões, no entanto, não seriam reconhecidas como casamento.

 

 Mariela Castro, 50, filha de Raúl Castro, eleita pela primeira vez como deputada em Cuba.

 

A recém-eleita deputada é diretora do Centro Nacional de Educação Sexual (Cenesex). Por causa do centro, o sistema de saúde da ilha voltou a realizar cirurgias de mudança de sexo em 2008 --duas décadas após uma polêmica primeira tentativa.

 

Anteontem, o Parlamento ratificou a permanência de Raúl no poder até 2018. Ele afirmou que quer que este seja seu último mandato.

 

Comente esta matéria
Título: Mariela, filha de Raúl Castro, defenderá gays como deputada
Seu nome:
Seu Estado:
Seu e-mail:
Comentário:
Segurança: Confirme o código:
OBS.: Nos reservamos o direito de deletar toda e qualquer mensagem contendo palavões, baixarias ou até mesmo termos homofóbicos. Favor respeitar as devidas fontes de cada matéria.
Comentários
Não há comentários.