Quarta-feira, 24 de Janeiro de 2018
Adicionar a Favoritos RSS Facebook Linkedin Twitter Wordpress
   
Selecione abaixo:



Anuncie AQUI
Celebridades GLBT
ClicRN
Estadão
Folha on Line
Istoé
Jornal da Paraíba
Paradas gays - News
Portal de Picos
Portal Terra
Saúde
Ultimas Notícias
Outras notícias
STF vota fim da proibição de doação de sangue por homossexuais
Jovem é agredido e ameaçado de morte, em festa, por ser homossexual
Dragon Ball Super: Elenco fala sobre possibilidade de Whis e Bills serem gays
Doação de sangue e o Supremo: saúde e igualdade
Frota perde ação, diz que juiz é do movimento gay e “julgou com a bunda”

Jovem reconhece militar que o baleou após Parada Gay no Rio

21/11/2010:

 

Uma investigação conjunta da Polícia Civil e do Exército conseguiu solucionar o caso do estudante homossexual de 19 anos que levou um tiro no Parque Garota de Ipanema, depois da Parada Gay de Copacabana, realizada no último domingo.

Peritos analisaram as armas dos militares que estavam no Forte de Copacabana no dia e descobriram que um tiro havia sido disparado da pistola do sargento Ivanildo Gervás.

Pressionado, o militar confessou que atirou contra o rapaz. O sargento disse que foi provocado pelos homossexuais e confessou que colocou outra bala no lugar da que foi disparada para fingir que nenhum tiro havia sido dado.

Ele vai responder na Justiça por tentativa de homicídio duplamente qualificado e pode ficar até 20 anos na prisão.

Outros dois militares, Jonatas Silva e Luiz Gustavo Batista, também participaram da ação e foram reconhecidos por testemunhas e pela vítima.

CenaG

 

Comente esta matéria
Título: Jovem reconhece militar que o baleou após Parada Gay no Rio
Seu nome:
Seu Estado:
Seu e-mail:
Comentário:
Segurança: Confirme o código:
OBS.: Nos reservamos o direito de deletar toda e qualquer mensagem contendo palavões, baixarias ou até mesmo termos homofóbicos. Favor respeitar as devidas fontes de cada matéria.
Comentários
Não há comentários.