Quarta-feira, 27 de Agosto de 2014
Adicionar a Favoritos RSS Facebook Linkedin Twitter Wordpress
   
Selecione abaixo:



Anuncie AQUI
Celebridades GLBT
ClicRN
Estadão
Folha on Line
Istoé
Jornal da Paraíba
Paradas gays - News
Portal de Picos
Portal Terra
Saúde
Ultimas Notícias
Outras notícias
Gays vão morar em outros países para viver a liberdade que não têm no Brasil
Everaldo Pereira fala contra casamento gay em debate e é detonado no twitter
Miley Cyrus diz que é uma "aberração" e defende apelo sexual de seu show
Lésbicas são violadas na África do Sul para mudarem orientação
Ex-jogador de futebol alemão quer montar seleção gay

Casal homossexual pode adotar criança, decide STJ

27/04/2010:

 

FELIPE SELIGMAN
da Sucursal de Brasília

Em julgamento considerado histórico pelos próprios ministros, a 4ª Turma do STJ (Superior Tribunal de Justiça) reconheceu, por unanimidade, que casais formados por homossexuais têm o direito de adotar filhos.

A Turma, formada por cinco ministros, analisou um caso de duas mulheres que tiveram o direito de adoção reconhecido pela Justiça Federal do Rio Grande do Sul. O Ministério Público do Estado, porém, recorreu ao STJ. Nesta terça-feira, o tribunal negou o pedido, ao entender que em casos do tipo é a vontade da criança que deve ser respeitada.

"Esse julgamento é histórico pois dá dignidade ao ser humano, dignidade aos menores e às duas mulheres", afirmou o relator, Luís Felipe Salomão.

"Precisamos afirmar que essa decisão é uma orientação para que, em casos do tipo, deve-se atender sempre o interesse do menor, que o de ser adotado", completou o ministro João Otávio de Noronha.

 

Comente esta matéria
Título: Casal homossexual pode adotar criança, decide STJ
Seu nome:
Seu Estado:
Seu e-mail:
Comentário:
Segurança: Confirme o código:
OBS.: Nos reservamos o direito de deletar toda e qualquer mensagem contendo palavões, baixarias ou até mesmo termos homofóbicos. Favor respeitar as devidas fontes de cada matéria.
Comentários
27/04/2010 22:38: geilson - GO
gostei dessa decisao todos tem o direito. so por que vivem com pessoas do mesmo sexo nao quer dizer que nao possa ter filhos