Terça-feira, 21 de Novembro de 2017
Adicionar a Favoritos RSS Facebook Linkedin Twitter Wordpress
   
Selecione abaixo:



Anuncie AQUI
Celebridades GLBT
ClicRN
Estadão
Folha on Line
Istoé
Jornal da Paraíba
Paradas gays - News
Portal de Picos
Portal Terra
Saúde
Ultimas Notícias
Outras notícias
STF vota fim da proibição de doação de sangue por homossexuais
Jovem é agredido e ameaçado de morte, em festa, por ser homossexual
Dragon Ball Super: Elenco fala sobre possibilidade de Whis e Bills serem gays
Doação de sangue e o Supremo: saúde e igualdade
Frota perde ação, diz que juiz é do movimento gay e “julgou com a bunda”

Cabral pede que integrantes do governo do Rio assumam suas orientações sexuais

19/05/2009:

DIANA BRITO
Colaboração para a Folha Online, no Rio

O governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), conclamou na tarde desta segunda-feira que os membros do governo assumam suas orientações sexuais sem constrangimentos. Segundo Cabral, os servidores devem seguir o "livre-arbítrio" e deixar o preconceito de lado.

"A Polícia Civil, a Polícia Militar, o Corpo de Bombeiros, a Defensoria, eu conclamo a todos os membros do governo que no dia da Parada Gay se identifiquem e passeiem no desfile. O parlamentar homossexual, o jogador de futebol homossexual", disse.

"Eu acho que assumir a sua liberdade, o seu livre-arbítrio, o seu desejo, é uma conquista extraordinária", afirmou o governador do Rio, no Palácio Guanabara, onde participou da criação do Conselho dos Direitos da População LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais) do Estado.

Polêmica

O ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, fez críticas à Igreja Católica nesta segunda-feira, afirmando que ela pressiona parlamentares a votar contra a lei que criminaliza a homofobia.

"Como uma religião pode dizer que é fraterna e solidária com todos, se pressiona os parlamentares a não aprovarem a lei que criminaliza a homofobia quando ontem desfilávamos nas ruas de Ipanema lembrando 3.000 mortos em 10 anos no Brasil por causa de crimes homofóbicos. Então, quem obsta a aprovação dessa lei é corresponsável pela multiplicação desses crimes que nada tem de fraternos, nem de solidários", disse Minc, durante cerimônia de instalação e posse do Conselho Estadual dos Direitos da População LGBT.

A Folha Online não conseguiu contato com representantes da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) para responder às críticas de Minc.

 

Comente esta matéria
Título: Cabral pede que integrantes do governo do Rio assumam suas orientações sexuais
Seu nome:
Seu Estado:
Seu e-mail:
Comentário:
Segurança: Confirme o código:
OBS.: Nos reservamos o direito de deletar toda e qualquer mensagem contendo palavões, baixarias ou até mesmo termos homofóbicos. Favor respeitar as devidas fontes de cada matéria.
Comentários
20/05/2009 18:10: maira - RJ
o governador do rio de janeiro assumiu seu caso de amor com o seu maridão o prefeito do rio eduardo paes,que ele chama carinhosamente de dudu,atenção ele quer o voto dos homossexuais!!!!
 
21/05/2009 21:47: Edaurdo - RJ
Então, com certeza, ele terá o meu voto.