Terça-feira, 04 de Agosto de 2015
Adicionar a Favoritos RSS Facebook Linkedin Twitter Wordpress
   
Selecione abaixo:



Anuncie AQUI
Celebridades GLBT
ClicRN
Estadão
Folha on Line
Istoé
Jornal da Paraíba
Paradas gays - News
Portal de Picos
Portal Terra
Saúde
Ultimas Notícias
Outras notícias
Porto Alegre cria grupo de trabalho do turismo LGBT
Emojis "gays" podem motivar bloqueio do Facebook na Rússia
Antônio Simões sobe a presidente do HSBC, considerado o gays mais influente
Keanu Reeves é visto aos beijos com atriz transexual de 'Sense8'
Casal gay dirige o coro da Igreja Hillsong de Nova York

Menino de 16 anos tira pênis e vira menina

05/02/2009:

 

(Alemanha) Aos 12 anos ele era Kim. Agora, aos 16, é Kim Petras, a pessoa mais jovem do mundo a mudar de sexo. A família decidiu que Kim era uma menina em um corpo de menino e desde os 12 anos, ele passou a se submeter a tratamento hormonal para se tornar uma menina.



Por decisão da justiça alemã, a cirurgia de mudança de sexo foi autorizada e realizada em segredo, no mês passado em um hospital da cidade de Frankfurt.

"A verdade é que eu sempre me senti como uma mulher" disse Kim à reportagem do jornal "The Sun."  O parecer dos psicólogos também foi unânime: Kim era "semdúvida uma menina no corpo de um menino."

O médico Bernd Meyenburg, que trata paciente com distúrbio de identidade, do Hospital da Universidade de Frankfurt, disse: "eu sempre fui contra essas operaçõesem pessoas tão jovens, mas depois de ver a felicidade dos meus pacientes eu cheguei a conclusão que, sem alguns casos, (a cirurgia) é a decisão certa".

"Kim é um desses casos - ela sempre soube o que ela queria" completou o médico.

da Redação do Toda Forma de Amor com informações do jornal "The Sun" (fotos: reprodução/The Sun)

 

Comente esta matéria
Título: Menino de 16 anos tira pênis e vira menina
Seu nome:
Seu Estado:
Seu e-mail:
Comentário:
Segurança: Confirme o código:
OBS.: Nos reservamos o direito de deletar toda e qualquer mensagem contendo palavões, baixarias ou até mesmo termos homofóbicos. Favor respeitar as devidas fontes de cada matéria.
Comentários
Não há comentários.