Quinta-feira, 13 de Dezembro de 2018
Adicionar a Favoritos RSS Facebook Linkedin Twitter Wordpress
   
Selecione abaixo:



Anuncie AQUI
Celebridades GLBT
ClicRN
Estadão
Folha on Line
Istoé
Jornal da Paraíba
Paradas gays - News
Portal de Picos
Portal Terra
Saúde
Ultimas Notícias
Outras notícias
STF vota fim da proibição de doação de sangue por homossexuais
Jovem é agredido e ameaçado de morte, em festa, por ser homossexual
Dragon Ball Super: Elenco fala sobre possibilidade de Whis e Bills serem gays
Doação de sangue e o Supremo: saúde e igualdade
Frota perde ação, diz que juiz é do movimento gay e “julgou com a bunda”

Exclusivo: Santa Catarina tem gay assumido eleito vereador

08/12/2008:

 

Ao contrário do que muita gente imagina e de que muitos meios de comunicação informaram, Santa Catarina teve nas Eleições deste ano, um gay assumido, eleito vereador.

 

Vilson José Porcíncula (PP), conhecido por TEM, de 46 anos, obteve 667 votos e é dono de uma das cadeiras da Câmara Municipal de Tijucas, na Grande Florianópolis, a partir de janeiro de 2009.

 

Tijucas possui 27.804 habitantes e um eleitorado de 21.878 eleitores. Vilson ocupará uma das nove vagas no cargo de vereador. Ele é servidor público e atua na área da saúde, sobretudo com soros-positivos.

 

Vilson promete trabalhar pelo "liberalismo" em Tijucas, defenderá o público LGBT, mas também pretende trabalhar por toda cidade.

 

TEM disse não ser nada fácil sua eleição e que em 90 dias de campanha emagreceu 10 kg. "Ser candidato sem dinheiro é como se fosse passar em um vestibular público sem cursinho. Tijucas é pequena e ainda é muito preconceituosa. Trabalharei para que este preconceito diminua cada dia mais. Consegui ser eleito graças ao meu trabalho. O povo soube reconhecer", destacou.

 

Além de TEM, Santa Catarina teve o candidato Tiago Silva (PPS), de Florianópolis, que ficou com a suplência na Câmara da Capital.

Portal G/ SC

 

Comente esta matéria
Título: Exclusivo: Santa Catarina tem gay assumido eleito vereador
Seu nome:
Seu Estado:
Seu e-mail:
Comentário:
Segurança: Confirme o código:
OBS.: Nos reservamos o direito de deletar toda e qualquer mensagem contendo palavões, baixarias ou até mesmo termos homofóbicos. Favor respeitar as devidas fontes de cada matéria.
Comentários
Não há comentários.