Quinta-feira, 13 de Dezembro de 2018
Adicionar a Favoritos RSS Facebook Linkedin Twitter Wordpress
   
Selecione abaixo:



Anuncie AQUI
Celebridades GLBT
ClicRN
Estadão
Folha on Line
Istoé
Jornal da Paraíba
Paradas gays - News
Portal de Picos
Portal Terra
Saúde
Ultimas Notícias
Outras notícias
STF vota fim da proibição de doação de sangue por homossexuais
Jovem é agredido e ameaçado de morte, em festa, por ser homossexual
Dragon Ball Super: Elenco fala sobre possibilidade de Whis e Bills serem gays
Doação de sangue e o Supremo: saúde e igualdade
Frota perde ação, diz que juiz é do movimento gay e “julgou com a bunda”

Protesto de judeus ortodoxos contra gays acaba em pancadaria em Jerusalém

19/06/2007:

da France Presse, em Jerusalém

Cerca de 10 mil judeus ortodoxos protestaram na noite deste domingo em Jerusalém contra a realização de uma marcha de homossexuais prevista para quinta-feira na cidade.

A manifestação dos ortodoxos, autorizada pela polícia, durou quatro horas e acabou em pancadaria. Jovens judeus incendiaram duas caçambas de lixo, além de terem atirado pedras contra as forças de ordem, o que gerou enfrentamentos. A polícia dispersou os manifestantes com jatos d'água.

Os judeus ortodoxos consideram a manifestação dos homossexuais como uma "atrocidade" e penduraram faixas em Jerusalém onde chamavam a protestar contra o movimento gay com o slogan "Deus odeia o excesso".

Em 2006, a manifestação dos homossexuais nas cidades de Jerusalém, cidade santa para três religiões monoteístas (cristianismo, judaísmo e islamismo), foi cancelada devido a protestos de milhares de judeus que a consideram um "afronto ao caráter sacro da cidade".

Uma assembléia de homossexuais ocorreu em novembro em um estádio em Jerusalém, em substituição à manifestação. Durante a marcha dos homossexuais em 2005, um judeu ultra-ortodoxo esfaqueou três participantes, crime pelo qual foi condenado a 12 anos de prisão.

Folha on line

 

Comente esta matéria
Título: Protesto de judeus ortodoxos contra gays acaba em pancadaria em Jerusalém
Seu nome:
Seu Estado:
Seu e-mail:
Comentário:
Segurança: Confirme o código:
OBS.: Nos reservamos o direito de deletar toda e qualquer mensagem contendo palavões, baixarias ou até mesmo termos homofóbicos. Favor respeitar as devidas fontes de cada matéria.
Comentários
Não há comentários.