Segunda-feira, 23 de Abril de 2018
Adicionar a Favoritos RSS Facebook Linkedin Twitter Wordpress
   
Selecione abaixo:



Anuncie AQUI
Celebridades GLBT
ClicRN
Estadão
Folha on Line
Istoé
Jornal da Paraíba
Paradas gays - News
Portal de Picos
Portal Terra
Saúde
Ultimas Notícias
Outras notícias
STF vota fim da proibição de doação de sangue por homossexuais
Jovem é agredido e ameaçado de morte, em festa, por ser homossexual
Dragon Ball Super: Elenco fala sobre possibilidade de Whis e Bills serem gays
Doação de sangue e o Supremo: saúde e igualdade
Frota perde ação, diz que juiz é do movimento gay e “julgou com a bunda”

Grupo Exodus espera para se manifestar contra ação

08/08/2005: A assessoria do grupo Exodus do Brasil, organização religiosa sediada em Londrina (PR) e que promete a cura de homossexuais, declarou na última sexta-feira, 5/8, que só irá se pronunciar a respeito da ação impetrada pelo Grupo Dignidade, de Curitiba (PR), depois de souber do teor da mesma.

O Dignidade, organização não-governamental que trabalha pela defesa dos direitos de gays, lésbicas e transgêneros, entrou na quinta-feira, 4/8, com uma representação no Ministério Público contra o Exodus, alegando que suas atividades são discriminatórias. A ONG pediu ao MP a "a averiguação da legalidade das ações da Exodos, bem como a configuração dos crimes de charlatanismo e curandeirismo por parte de seus dirigentes".

De acordo com nota da assessoria, “a missão do Exodus é unificar e equipar cristãos para comunicar o evangelho de Jesus Cristo àqueles que de alguma maneira estão envolvidos na homossexualidade, e que desejam receber ajuda para deixá-la".

A assessoria explicou também que o Exodus não trabalha direto com as pessoas e que existem seis grupos filiados à organização, como o Paz com Deus, de Londrina, da 1º Igreja Presbiteriana Independente.

 

Fonte: Folha On Line

Comente esta matéria
Título: Grupo Exodus espera para se manifestar contra ação
Seu nome:
Seu Estado:
Seu e-mail:
Comentário:
Segurança: Confirme o código:
OBS.: Nos reservamos o direito de deletar toda e qualquer mensagem contendo palavões, baixarias ou até mesmo termos homofóbicos. Favor respeitar as devidas fontes de cada matéria.
Comentários
Não há comentários.