Jornal publica lista para identificar gays em país onde a homossexualidade é crime

0

por Susana Lúcio

Um dos principais jornais da Malásia foi criticado por várias ong’s por ter publicado uma lista de características associadas a gays e lésbicas

O jornal malaio Sinar Harian publicou uma lista para os leitores conseguirem facilmente identificar homossexuais e foi criticado por colocar a vida de pessoas em risco.

É que, na Malásia, a homossexualidade ainda é um crime punido com 20 anos de cadeia.

O artigo refere que os gays adoram barbas, são viciados no ginásio – mais para ver outros homens do que fazer exercício físico – e preferem roupa de marca.

Já as lésbicas, segundo o mesmo texto, gostam de abraços, de passear de mão dada e dizer mal dos homens.

O artigo foi criticado por puder colocar mais vidas em risco. No ano passado, um estudante de 18 anos foi espancado e queimado vivo por ser homossexual.

Meses depois, uma mulher transgénero foi esfaqueada e alvejada três vezes dentro da sua loja de flores.

“Há assuntos mais importantes que deviam ser tratados. Se querem realmente educar a sociedade então expliquem os traços de pedófilos, molestadores, assassinos e raptores que realmente ameaçam a vida de outros”, indignou-se o activista e um dos mais seguidos nas redes sociais do país, Arwind Kumar, num vídeo colocado online.

“De que forma é que um homossexual vos ameaça a vida?”

O activista, cujo vídeo foi visto dezenas de milhares de vezes em apenas 24 horas, ridicularizou o artigo. “Conheço muitos padres, muitos clérigos muçulmanos, muitas pessoas religiosas que adoram ter barba. Estão a dizer que eles são gays? Isso é mesmo muito estúpido.”

O país tem regredido ainda mais na atitude perante os homossexuais com o aumento da influência do islamismo conservador. Por exemplo, o Ministério da Saúde considerou num artigo intitulado Porque é que uma pessoa seria lésbica?, que as causas do lesbianismo residem na decisão de algumas mulheres de darem prioridade às suas carreiras profissionais e considerarem que só outras mulheres as podem compreender.

 

 

http://www.sabado.pt/mundo/detalhe/jornal-publica-lista-para-identificar-gays-em-pais-onde-a-homossexualidade-e-crime?ref=Mundo_Ultimas

Compartilhar.

Sobre o Autor

Comments are closed.