“História na Espanha”: “Operação Triunfo” mostra beijo gay na televisão pública

0

Os concorrentes Raoul e Agoney foram os protagonistas do momento da noite da sétima gala da “Operação Triunfo 2017” em Espanha. Os dois concorrentes trocaram um beijo apaixonado no final da atuação.

A “Operação Triunfo 2017” continua a sua própria “revolução sexual”, apostando em dar visibilidade e normalizar a diversidade no horário com maior volume de audiências na televisão espanhola. Algo até aqui nunca visto na televisão pública e cujo regresso do formato, produzido pela Gestmusic, parece ter vindo revolucionar.

Raoul e Agoney, dois jovens concorrentes, foram os “escolhidos” para fazer “história em Espanha”, ao protagonizar o momento mais emocionante da sétima gala do “talent show”. Os dois trocaram um beijo romântico no final da sua atuação. Com este gesto, o concurso apresentou a sua primeira interpretação homossexual, em nove edições e 16 anos de existência, o que se torna especialmente relevante tendo em conta que é transmitido na estação de televisão pública espanhola.

A atuação e o gesto foram fortemente aplaudidos e, apesar de as juradas Mónica Naranjo e Soledad Giménez terem valorizado a “química” do casal, Joe Pérez incluiu o nome de Raoul na lista dos nomeados, colocando-o em risco de abandonar o programa, justificando a escolha como “complicada” por os concorrentes serem cada vez menos.

Também nas redes sociais este episódio deu que falar, com o jornalista José Antoral a considerar que se fez “história em Espanha”. “O beijo de Raoul e Agoney. Em horário nobre. Na televisão pública. Fez-se história”, escreveu no seu Twitter. “Este beijo é um pequeno passo para eles, mas um grande passo para a televisão pública”, considerou a “Bemol Magazine”.

https://www.n-tv.pt/acontece

Compartilhar.

Sobre o Autor

Comments are closed.