Há um lugar LGBT nos Jogos Olímpicos de Inverno

0

A “Pride House” está associada à equipa do Canadá

Na Aldeia Olímpica dos Jogos Olímpicos de Inverno 2018, que se disputam em Pyeongchang, Coreia do Sul, há uma casa à espera da comunidade LGBT. Chama-se “Pride House” e está associada ao Comité Olímpico do Canadá, situando-se nas instalações das equipas canadianas.

É a primeira vez que tal acontece – a “Pride House” estar associada a um país – mas a iniciativa já aconteceu em vários eventos desportivos internacionais, como os Jogos Olímpicos de Inverno de 2010, em Vancouver, Canadá, os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2012, em Londres, e os Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro, Brasil, explica a CNN.

“A Equipa Canadá está orgulhosa por abraçar a diversidade na Casa do Canadá, que inclui um sinalna porta da frente, dando as boas-vindas a todos, e sabe que, como equipa, somos mais fortes quando celebramos as nossas diferenças. Estamos satisfeitos por ser possível partilhar com o mundo o que significa ser canadiano e ser atleta olímpico”, afirmou Chris Overholt, responsável pelo Comité Olímpico do Canadá.

“Dentro destas paredes os nossos corações olímpicos juntam-se e és bem-vindo aceite e respeitado. Esta é a tua casa. independentemente de quem és e de onde vens”, lê-se na parede da “Pride House”, que não esteve em Sochi, na Rússia, em 2014. Na altura, a iniciativa foi rejeitada por responsáveis governamentais e inclusivamente pelo tribunal que acabou por decidir definitivamente a questão.

 

https://www.dn.pt/desporto/interior/ha-um-lugar-para-os-lgbt-nos-jogos-olimpicos-de-inverno-9114227.html

Compartilhar.

Sobre o Autor

Comments are closed.